ATENÇÃO: Desde o passado mês de novembro, o único acesso para o portal Empreg@r é realizado através de http://empregar.iem.gov-madeira.pt

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES


OFERTA FORMATIVA - IPTL


O Instituto Profissional de Transportes e Logística da Madeira (IPTL) é uma escola profissional tutelada pela Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos e acreditada pela Direção Regional de Qualificação Profissional, que prossegue fins de interesse público e ministra cursos profissionais e cursos de educação e formação para jovens.

O IPTL, no próximo ano lectivo 2014/2015 poderá desenvolver os seguintes cursos financiados através do PO-RUMOS:

Cursos de Educação e Formação  - Tipo 2
  • Marinheiro(a)/Pescador(a)
  • Operador(a) de Transformação do Pescado
  • Operador(a) Aquícola
  • Ajudante de Maquinista

Cursos Profissionais

·         Técnico(a) de Mecatrónica Automóvel
·         Técnico(a) de Frio e Climatização
·         Técnico(a) de Instalações Elétricas
·         Técnico(a) de Contramestre da Marinha Mercante
·         Técnico(a) de Administração Naval
·         Técnico(a) de Gestão é Programação de sistemas Informáticos
·         Técnico(a) de Turismo



- Rua Nova da Levada do Cavalo, n.º 1, 9000-721 Funchal
 - (+351) 291 720 164 - (+351) 913 114 691
 - (+351) 291 140 900

terça-feira, 22 de Julho de 2014

NEWSLETTER N.º 7 - INSTITUTO DE EMPREGO DA MADEIRA

(clique na imagem para ver)

A newsemprego é uma publicação em formato eletrónico, que visa divulgar os serviços e apoios disponibilizados pelo Instituto de Emprego da Madeira, destacar as notícias e acontecimentos mais relevantes, e dar a conhecer os testemunhos de quem conseguiu uma nova oportunidade, com o contributo do mesmo organismo de apoio ao emprego.

UM CURRICULUM VITAE EUROPEU EM POUCOS MINUTOS

O Curriculum Vitae (CV) é um elemento muito importante quando se está à procura de emprego pois este é o primeiro contacto com um futuro empregador, por esse motivo este tem que ser feito de forma a captar logo ao primeiro instante a atenção da entidade patronal de forma a permitir-lhe passar à segunda fase – A Entrevista. Se nunca teve que apresentar um currículo não se aflija pois iremos deixar-lhe aqui todos os passos a seguir para conseguir criar um CV em poucos minutos.

Em média, numa primeira seleção, uma entidade empregadora dispensa cerca de um minuto a analisar um CV por isso é fundamental que desde o início se mostre convincente para que não deixe escapar a oportunidade de conquistar o emprego que pretende. Desse modo, o modelo Europass é uma das melhores opções para redigir o seu currículo pois trata-se de um modelo universal que permite ao empregador descobrir em poucos segundos a informação que pretende do candidato.


Poderá fazer o seu CV Europass de duas formas: ou utiliza o formulário online (consulte aqui) ou então carregue o seu CV que terá que estar em formato Word ou OpenDocument). Comece por preencher os elementos em falta, mas atenção não altere a coluna da esquerda, somente a da direita é que deve ser modificada. Um CV modelo Europass congrega as suas habilitações, aptidões e competências de maneira lógica, por isso, respeite a paginação e o tipo de letra utilizado.

Logo ao início deverá inserir, se assim o pretender, a sua fotografia.

No campo informação pessoal tenha atenção o seguinte: o número de contacto telefónico deverá incluir o indicativo internacional (por exemplo no caso de Portugal +351 seguido do número de telefone 291 ou 96..). A última informação a preencher neste campo é “Emprego Pretendido/ Área de competência”, tenha especial atenção a esta informação pois esta fornece uma perspectiva imediata do seu perfil.

  •  No campo “Experiência profissional” comece pelo cargo profissional ocupado recentemente, no caso de se estar à procura do primeiro emprego mencione os estágios que comprovem um primeiro contacto com o mundo laboral.
  • Na secção Educação e Formação aborde os cursos e formações concluídas começando pelo mais recente. Selecione os certificados e diplomas obtidos susceptíveis de representar um factor preferencial para a sua candidatura.
Esta secção permite ao candidato referir as várias aptidões e competências adquiridas ao longo da vida profissional e da sua formação. Desde línguas, aptidões e competências sociais, de organização, técnicas, de informática, entre outras).

A grelha de auto-avaliação foi concebida pelo Conselho da Europa no âmbito do “Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas” com vista a permitir aos indivíduos avaliarem-se no que diz respeito à sua capacidade de compreender, falar e escrever numa língua estrangeira.

Está dividida em três categorias A, B e C:
- Utilizador elementar (níveis A1 e A2); Opte pelo A1 se é capaz de reconhecer palavras e expressões simples de uso corrente.

O A2 indica que é capaz de compreender expressões e vocabulário de uso mais frequente. É capaz de compreender um anúncio e mensagens curtas e claras.
- Utilizador independente (níveis B1 e B2); No caso do B1 sugere ser capaz de compreender vários assuntos sobre temas actuais, interesses pessoais ou profissionais, no entanto tem dificuldades em falar.
O B2 indica que tem facilidade em compreender assuntos mais complexos desde que seja utilizada a língua padrão.

- Utilizador experiente (níveis C1 e C2). Se optar pelo C1 demonstra que consegue compreender programas de televisão e discursos sem grande dificuldade mesmo que a articulação das ideias não esteja bem estruturada.
Um candidato C2 não tem qualquer dificuldade em compreender qualquer tipo de exposição oral quer seja face a face quer seja via telefone ou através de meios de comunicação, mesmo quando se fala depressa.
O mesmo se aplica na opção Leitura, Falar e Escrever
O seu CV pode ainda incluir outros elementos que ajudem a valorizar a sua candidatura mas que aqui aparecem de carácter facultativo, nomeadamente, as Aptidões e competências sociais – onde demonstrará a sua capacidade de interagir com as pessoas com quem trabalha e com outras pessoas. Dê exemplos como: espírito de equipa; capacidade de adaptação a ambientes multi-culturais; – boa capacidade de comunicação.

Ainda de carácter opcional estão: Aptidões e competências técnicas; Aptidões e competências informáticas; Aptidões e competências artísticas; Outras Aptidões e competências; Carta de Condução e Informação Adicional (onde poderá divulgar, por exemplo, se publicou um livro; se é membro de uma organização profissional; nomes de pessoas a contactar para referências.

  1. Tenha em conta que o empregador não despende muito tempo a ler currículos por isso terá que seleccionar bem os temas a inserir, porém não se pode esquecer de contextualizar de quer forma adquiriu essas mesmas competências, se através de formação, vida associativa, actividades recreativas, entre outras. Pode ver exemplos de CV’s AQUI
  2. Foque-se no essencial, ou seja tente ser breve e evite chegar às três páginas, visto que alguns países consideram o número excessivo, mesmo tendo uma vasta experiência profissional. Se por outro lado as suas aptidões profissionais forem reduzidas, pois acabou de sair da escola, evidencie estágios que tenha frequentado. Realce as informações que possam valorizar a sua candidatura, podendo mesmo omitir uma experiência profissional que não considere determinante para o cargo a que se candidata.
  3. Tenha atenção na forma como redige o documento, apresente a suas aptidões e habilitações de forma clara e lógica. Evite os erros ortográficos e de pontuação.
  4. Adapte o seu CV e verifique se este corresponde ao perfil pretendido pelo empregador. Mas atenção não empole o seu CV para que não seja desacreditado numa entrevista.
Fonte: www.empregopelomundo.com

segunda-feira, 21 de Julho de 2014

PROGRAMA RETOMAR - CANDIDATURAS ARRANCAM HOJE


Decorre, entre 21 de julho e 30 de setembro de 2014, o período de candidaturas do 1.º concurso às Bolsas Retomar. O requerimento é preenchido e submetido exclusivamente online, por intermédio da plataforma Retomar, disponível no portal da DGES, neste link.

O Programa Retomar é uma medida que se insere no Plano Nacional de Implementação de Uma Garantia Jovem e tem como principais objetivos:

  • permitir o regresso à educação e formação, em contexto de ensino superior, de estudantes que pretendam completar formações anteriormente iniciadas ou realizar uma formação diferente, nomeadamente incentivando o regresso de antigos estudantes que abandonaram o ciclo de estudos antes da sua conclusão;
  • combater o abandono escolar no ensino superior, tendo presente critérios de utilidade social e empregabilidade;
  • promover a qualificação superior de jovens que não estão nem a trabalhar, nem inseridos em percursos de educação ou formação (jovens NEET).
Para mais informações clique AQUI

Fonte: Portal DRJD

5 DICAS PARA ELABORAR A SUA CARTA DE APRESENTAÇÃO


1 – Simplicidade – Informe seus dados com simplicidade, utilize o padrão de carta de negócio com o vocabulário simples e sendo o mais objetivo possível. 

2 – Remetente – Ao escrever a carta, indique para quem está enviando, caso não tenha essa informação utilize o pronome Exmo(a) Senhor(a).

3 – Início – O primeiro parágrafo deve conter o seu objetivo profissional. Informe qual a posição desejada na empresa e as suas principais áreas de conhecimento, ressalte as informações da sua formação académica e principais qualificações como cursos de idiomas.

4 – Meio – Desenvolva a carta destacando as informações que possui no currículo. Foque no por que será valioso para o empregador o(a) contratar. Fale das suas experiências profissionais, cargos que já ocupou, empresas que já trabalhou, destaque as funções que realizou de forma atrativa e informe outras qualificações como experiência internacional, disponibilidade para viajar ou mudança de cidade.

5 – Fim – Finalize a carta indicando que está à disposição para participar de uma possível entrevista para esclarecer mais informações sobre a sua carreira. Após o fechamento, faça a despedida utilizando “Atenciosamente”, não use abreviações, e assine o seu nome completo no final.

Lembre-se que esta carta deve ser regida em uma folha A4, em branco. Não utilize papeis coloridos, pois pode caracterizar falta de sobriedade na carta. Utilize apenas uma página, por isso siga a dica de ser objetivo e claro nas informações que deseja apresentar ao recrutador.


Exemplo:
Exmo(a) Senhor(a),
A procura de nova proposta de trabalho na área de Recursos Humanos, apresento-lhes meu currículo anexo. Sou graduada em Administração, com pós-graduação em Recursos Humanos. Atuo na área de Recursos Humanos há quatro anos, com destaque para o desenvolvimento e coordenação de atividades de treinamento, tendo inclusive obtido a certificação ISO-9001.
Entre minhas características básicas encontram-se: adaptabilidade, bom humor, dinamismo, responsabilidades, auto-exigência, dedicação ao trabalho e bom relacionamento interpessoal em geral.
Informo ainda que estou disponível para viagens, de acordo com a necessidade da organização. No aguardo de contato de sua parte, coloco-me à disposição para prestar-lhes mais esclarecimentos.
Atenciosamente,
Assinatura.

Fonte: www.empregopelomundo.com

CURSOS DE LÍNGUAS - ACADEMIA DE LÍNGUAS DA MADEIRA

- Rua do Ribeirinho de Baixo, 33-B 2º, 9050-447 Funchal
 - (+351) 291 231 069 / 966 912 424 / 913 804 668
 - (+351) 291 230 211

sexta-feira, 18 de Julho de 2014

WORKSHOP - IFACC


quinta-feira, 17 de Julho de 2014

OFERTA FORMATIVA PARA PÓS-GRADUAÇÕES - ISAL


- Gestão | 3ªEdição
- Gestão Desportiva
- Gestão de Recursos Humanos
- Finanças para não Financeiros
- Gestão de Sistemas de Informação
- Gestão e Políticas Públicas | 2ª Edição
- Auditoria e Controlo de Gestão | 2ª Edição
- Gestão do Processo de Encerramento de Contas
- Gestão de Serviços de Saúde e Instituições Sociais | 5ª Edição


As Pós-Graduações iniciam-se já em Outubro e as suas inscrições já começaram, tendo o processo de seleção como um dos critérios a ordem de inscrição nas mesmas, pelo que caso estejam interessados deverão inscrever-se logo que possível.


Sancha de Campanella
Directora das Licenciaturas em Gestão de Empresas
Coordenadora do CET em Gestão Administrativa em Recursos Humanos

I S A L | Instituto Superior de Administração e Línguas | www.isal.pt
Rua do Comboio, 5 | 9050-053 Funchal
Tel Funchal: + 351 291 705 705| Fax: + 351 705 709

quarta-feira, 16 de Julho de 2014

CEF - OPERADOR DE HORTICULTURA E FRUTICULTURA BIOLÓGICA



Tens 15 anos ou mais? Tens o 8º ano, mas reprovaste no 9º ano?



Então o CEF de Horticultura e Fruticultura Biológica (1 ano letivo) pode ser a solução para ti!

Conclui o 9º ano de escolaridade e obtém uma qualificação profissional (nível 2).

- Rua de São Martinho, 9000-273 Funchal
 - (+351) 291 721 360 - 967 253 438 - 963 591 287